Frete Grátis acima de R$ 100,00

Perfume Cedro & Manjerona 100ml Masculino + Presente

R$119,00
Compartilhar
Perfume elaborado com uma mistura dos dois óleos essenciais naturais para formar um delicioso blend masculino. Os perfumes naturais expressam o melhor da perfumaria, com as experiência olfativas que remetem aos aromas reais presentes na natureza e em nosso dia a dia. Você ainda ganha um Mini Perfume 10ml de presente. O que são óleos essenciais? Sessenta mil anos antes da nossa era, o homem de Neanderthal já usava plantas aromáticas. Seja na Índia, China, Egito, todas as civilizações se interessaram por plantas aromáticas e seus aromas. Óleos essenciais são substâncias naturais responsáveis pelo aroma das plantas. Encontram-se nas sementes, raízes, talos, cascas, madeiras, resinas, folhas, flores e frutos. Possuem propriedades terapêuticas variadas. Conheça mais sobre os óleos deste perfume: Cedro O cedro é uma árvore conífera, majestosa, nativa das montanhas da região mediterrânica. A fragrância do cedro é extraída de sua árvore que possui uma madeira nobre e valorizada desde a antiguidade, onde era utilizada para construção de templos e tronos. A utilização do cedro na estrutura demonstrava poder, soberania e riqueza. O cedro é uma árvore tão importante que foi mencionada 75 vezes na bíblia e hoje é o símbolo nacional do Líbano, onde é ostentado na bandeira nacional. O aroma da fragrância do cedro traz relaxamento, diminuindo o nervosismo e dando confiança para enfrentar todos os seus desafios. Com seu novo perfume de cedro até os seus dias mais agitados serão um mar de tranquilidade, pois você estará preparado para resolver qualquer problema, pois terá autoestima e segurança para tomar as melhores decisões. Manjerona Com Aroma fresco e suave a fragrância de Manjerona é excelente para praticar esportes e para dias ensolarados. Tem longa duração e aroma irresistível. Originária da África e do Oriente Médio até a Índia, a manjerona é uma planta herbácea da família das Labiadas. Acredita-se que foi introduzida no Ocidente durante a Idade Média, possivelmente pelas Cruzadas. As flores abertas são muito procuradas pelas abelhas e borboletas. Os botões ainda fechados guardam as flores quase escondidas por brácteas nodosas. O fruto produz sementes muito finas, semelhantes às do manjericão, mas a manjerona só gera as sementes depois que a planta atinge dois anos de vida.